Ansiedade: 22 sintomas físicos e psicológicos e teste online | Zenklub (2022)

O transtorno de ansiedade é uma das questões que mais prejudica a qualidade de vida das pessoas nos tempos atuais. Mas como identificar seus sintomas? Como saber se você está enfrentando crises de ansiedade?

Nem sempre é fácil discernir se o que se sente é ansiedade ou algo diferente. Muitas pessoas, em meio a uma crise de ansiedade, pensam que estão tendo um ataque cardíaco ou até mesmo um AVC.

Além disso, também é importante reforçar que estar ansioso é diferente de ter transtorno de ansiedade. Isso porque a ansiedade é um sentimento comum, principalmente quando estamos esperando por algo ou passando por mudanças.

No entanto, o transtorno de ansiedade é um nível extremo, que atrapalha e pode te impedir de realizar coisas simples do dia a dia. Para saber mais sobre esse assunto tão importante, dê uma olhada neste artigo até o final!

O que são transtornos de ansiedade?

Ansiedade é um sentimento ligado à preocupação, nervosismo e medo intenso. Apesar de ser uma reação natural do corpo, a ansiedade pode virar um distúrbio quando passa a atrapalhar nosso dia a dia.

De fato, os transtornos de ansiedade são mais comuns do que se imagina.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 264 milhões de pessoas sofrem de algum transtorno de ansiedade ao redor do mundo.

Mas, cá entre nós, ter um pouco de ansiedade no dia a dia é um sentimento completamente normal. Certo?

Por exemplo, nada mais normal que se sentir ansiedade antes de uma prova importante ou antes de um encontro com uma pessoa que você nunca viu anteriormente!

O que é preciso entender é que a principal diferença da ansiedade normal do transtorno de ansiedade é que este último causa prejuízos na vida de quem sofre e na vida das pessoas ao redor.

Por exemplo, algumas pessoas podem desenvolver a partir da ansiedade outros transtornos como a depressão, desenvolver medo e fobias ou terem suas vidas profissionais afetadas, sofrendo com baixa performance ou absenteísmo.

Embora haja diversos tipos de transtornos de ansiedade, é possível encontrar um padrão entre eles.

Assim, para que você entenda melhor, separamos alguns dos sintomas mais comuns de um transtorno de ansiedade.

Ansiedade X Medo

Tanto o medo quanto a ansiedade são sentimentos comuns, parte de uma reação natural com a qual uma pessoa precisa conviver e isso é fundamental. Ambos funcionam como um sinal de alerta do seu corpo e mente diante de algo diferente.

No entanto, esses sentimentos podem ultrapassar o nível normal e passar a atrapalhar a vida e funcionamento do dia a dia de uma pessoa. Em casos como esse, o medo pode se transformar em fobia e a ansiedade em transtorno de ansiedade.

A ansiedade e o medo se diferenciam principalmente quanto às suas origens. O medo geralmente surge diante de situações ou objetos específicos. Por exemplo, medo de altura ou de aranhas.

(Video) 7 dicas para controlar a ansiedade • Psicologia • Casule Saúde e Bem-estar

Já a ansiedade é um sentimento de resposta também a situações, mas está mais ligado à uma sensação de tensão e antecipação ao futuro.

22 sintomas físicos e psicológicos do transtorno de ansiedade

As causas da ansiedade variam de pessoa para pessoa e os sintomas podem ser diferentes para cada um. No entanto, é possível ficar atento aos sinais para, assim, conseguir identificar a ansiedade de forma mais rápida e eficiente

Por isso, fique de olho nos sinais e conheça os principais sintomas de ansiedade. Caso você sinta que eles estão atrapalhando seu dia a dia, procure um profissional que te ajuda a lidar com eles.

  1. Respiração ofegante e falta de ar;
  2. Palpitações e dores no peito;
  3. Fala acelerada;
  4. Sensação de tremor e vontade de roer as unhas;
  5. Agitação de pernas e braços;
  6. Tensão muscular;
  7. Tontura e sensação de desmaio;
  8. Enjoo e vômitos;
  9. Irritabilidade;
  10. Enxaquecas;
  11. Boca seca e hipersensibilidade de paladar;
  12. Insônia;
  13. Preocupação excessiva;
  14. Dificuldade de concentração;
  15. Nervosismo;
  16. Medo constante;
  17. Sensação de que vai perder o controle ou que algo ruim vai acontecer;
  18. Desequilíbrio dos pensamentos;
  19. Braço dormente;
  20. Suor frio;
  21. Sensação de ser um observador externo da própria vida (despersonalização);
  22. Sentir-se desconectado de seus ambientes (desrealização).

Sobre isso, o psicólogo Massashi Saito cita:

É importante entender que ansiedade não é algo tão ruim. Ou seja, uma pessoa pode se sentir ansiosa quando acha que existe um risco futuro ou uma ameaça. No entanto, o problema é quando você perde o controle e a duração desse sentimento bem como não ter o controle daquilo que é real.

O que causa ansiedade?

A causa da ansiedade nada mais é que uma reação normal do corpo diante de eventos futuros. É um tipo de adaptação evolutiva que o ser humano encontrou para que sua chance de sobrevivência aumentasse.

Como já falamos, esse sentimento de ansiedade é algo normal e até mesmo necessário. Por exemplo, a ansiedade de ir mal na prova do concurso pode te levar a estudar e se preparar melhor para o dia do exame.

Além disso, pensar no que pode dar errado em um passeio, por exemplo, pode te ajudar a se planejar melhor e desfrutar mais esse momento. Contudo, há um limite para essa ansiedade “do bem”.

O sinal de alerta deve ser quando um pequeno evento do dia a dia causa uma ansiedade desproporcional. Quando esse sentimento passa a atrapalhar seu dia a dia e te impede ou dificulta a realização de atividades comuns, pode já ter se transformado em um transtorno.

Mas, afinal, o que causa o transtorno de ansiedade? Bom, a causa desse transtorno ainda não é completamente conhecida e pode variar entre diversos fatores.

No entanto, há evidências científicas de que uma série de fatores de risco podem desencadear um transtorno de ansiedade. Dentre eles:

  • Genes específicos ligados à ansiedade (se um parente de primeiro grau teve algum transtorno a possibilidade de desenvolver também é bem maior)
  • Fatores ambientais (trabalho muito estressante, rotina de vida agitada)
  • Tipo de personalidade (algumas pessoas tem uma base ansiosa, ou seja, sua própria personalidade as coloca em risco de desenvolver um transtorno)
  • Sexo e gênero (mulheres tem duas vezes mais chances de desenvolver um transtorno de ansiedade)
  • Trauma (um evento de alto impacto emocional como, por exemplo, abusos são fatores de risco para transtornos de ansiedade)

Quais são os tipos de ansiedade?

Dentro do transtorno de ansiedade existem diversos tipos de ansiedade já catalogados e cada um tem sua especificidade. Vamos falar mais sobre 5 tipos principais de ansiedade, são eles:

Transtorno de ansiedade generalizada

O Transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é um dos tipos de ansiedade mais comuns e é caracterizado pela combinação de uma preocupação excessiva com o estresse recorrente. Ou seja, a ansiedade passa a interferir na rotina com sintomas físicos e emocionais.

Transtorno do pânico

A síndrome do pânico é um transtorno de ansiedade caracterizado por crises intensas e inesperadas. Essa síndrome está muito relacionada aos sentimentos de medo e desespero diante de situações do futuro.

Nesse caso, a pessoa sente uma sensação forte de que está prestes a morrer e perdendo o controle. Além disso, a sensação pode ser descrita como um ataque do coração, mesmo que não haja um verdadeiro sinal de perigo.

Fobia social

A fobia social, ou ansiedade social, é um transtorno ligado ao medo da interação social. Ou seja, essa ansiedade afeta as pessoas de modo que elas tendem a se isolar por medo do julgamento ou contato social.

(Video) #LIVE QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA ANSIEDADE EM 4 ÁREAS DO SER HUMANO

Além disso, há também outros tipos de fobia, como a claustrofobia, medo de locais fechados, agorafobia, medo de ficar sozinho em locais públicos, aracnofobia, medo de aranhas, tripofobia, medo de buracos, que também fazem parte desses transtornos da ansiedade. No entanto, esses são referentes a objetos, situações e pessoas.

Transtorno obsessivo-compulsivo

O Transtorno obsessivo-compulsivo ou TOC é um distúrbio psiquiátrico. Nesse caso, é o medo de perder o controle ou ser responsável por algo terrível para si ou para os outros, como a culpa. Além disso, é caracterizado por movimentos repetitivos e comportamentos compulsivos.

Transtorno de estresse pós-traumático

O Transtorno de estresse pós-traumático ou TEPT é causado por um trauma ou evento terrível. Ou seja, a pessoa passa por momentos de confusão e medo, recordando os mesmos sentimentos que sentiu durante uma situação que foi traumática e o atingiu.

O que é um ataque de ansiedade

Um ataque de ansiedade ou crise de ansiedade é um estado psíquico onde o nosso corpo apresenta sintomas como por exemplo a sensação de angústia, nervosismo, taquicardia e até mesmo a sensação de falta de controle sobre determinada situação.

Por exemplo, em uma crise de ansiedade é comum sentir o coração acelerado, a respiração fica ofegante, há a sensação de que algo horrível está prestes a acontecer. Outros sintomas são:

  • sensação de desmaio ou tontura;
  • falta de ar;
  • boca seca;
  • suar frio;
  • calafrios;
  • preocupação excessiva;
  • inquietude;
  • angústia;
  • medo;
  • formigamento (sobretudo do braço e pescoço).

É muito comum inclusive que os sintomas de uma crise de ansiedade sejam confundidos com outros problemas, como crise de pânico ou até mesmo um infarto, levando pessoas a procurar ajuda e dar entrada no hospital.

Nesses casos, após realizar um eletrocardiograma e não se notar nenhuma alteração relacionada ao infarto, o médico verifica que o sofrimento é fruto de uma crise de ansiedade.

Para saber mais sobre sintomas gatilhos e formas de controlar a ansiedade em casa, assista ao vídeo abaixo com as dicas da psicóloga Ana Tognotti.

Vale destacar que nem todo mundo que sofreu uma crise de ansiedade têm o transtorno do pânico. O teste para realizar esse diagnóstico (em que o médico dará o CID) envolve uma série de perguntas a fim de avaliar as circunstâncias, frequência e sintomas durante a crise.

Falando em testes, vejamos o próximo tópico!

Existem testes que diagnosticam ansiedade?

Há uma série de testes cientificamente comprovados para diagnosticar um transtorno de ansiedade. Mas, cada tipo de transtorno tem um teste específico devido às suas particularidades.

Por isso, o diagnóstico deve ser sempre feito por um profissional da área, como o psiquiatra. Apenas esse médico pode confirmar um diagnóstico e, caso seja necessário, indicar medicamentos para o tratamento.

Sendo assim, caso você sentir alguns dos sintomas que já foram relatados aqui no artigo, busque ajuda de um profissional da área para te esclarecer e te ajudar (lembre-se: ansiedade tem cura).

Para você ter ainda mais clareza se precisa buscar ajuda, nós preparamos um teste de ansiedade.

Dá uma olhada!

Teste de ansiedade Online do Zenklub

O diagnóstico nem sempre é simples, mas podemos ajudar. Por isso, faça nosso teste de ansiedade e descubra seu nível de ansiedade. O questionário leva menos de 3 minutos para fazer e é uma adaptação do teste científico GAD – Generalized Anxiety Disorder 7.

(Video) Cuidados Paliativos na Saúde Mental

Vale lembrar também que o diagnóstico só pode ser feito por profissionais especialistas como psicólogos e psiquiatras.

Como evitar a ansiedade?

É possível manter o controle e até mesmo evitar transtorno de ansiedade. Para isso, é necessário o tratamento de acompanhamento de profissionais especializados, como psicólogos e psiquiatras.

Mas, além disso, é muito importante buscar uma mudança de hábitos, desenvolver um estilo de vida mais saudável e realizar mudanças no seu dia a dia.

É importante lembrar que a saúde do ser humano é composta por uma série de pilares. Entre eles estão a parte biológica, psíquica e social.

Sendo assim, confira 9 dicas de como evitar a ansiedade:

Ir para a cama cedo

Dormir mal pode ser um grande culpado da ansiedade. Ou seja, sono inadequado pode ampliar as reações antecipadas do cérebro, aumentando os níveis de ansiedade.

Manter uma rotina noturna mais tranquila, evitar o uso excessivo de eletrônicos e buscar relaxar principalmente nos 30 minutos antes de dormir pode te ajudar nessa missão e ser benéfico durante o dia.

Utilize música para relaxar

Quando estamos estressados, nada melhor que ouvir uma música para relaxar, não acha? De fato, estudos científicos mostram que a música aumenta a liberação de uma série de neurotransmissores ligados ao prazer. Em especial, ouvir seu som favorito pode liberar dopamina, um neurotransmissor ligado à sensação de recompensa.

Acorde 15 minutos mais cedo

Como a maioria das pessoas ansiosas, você provavelmente está correndo pela manhã e gritando com todos a sua volta “Vamos atrasar!”. Então, diminua o ritmo e tente se preparar para um dia relaxado pela frente. No entanto, se você começar a se preocupar com a lista de tarefas, respire fundo e pense, há tempo suficiente.

Uma dica que pode te ajudar nessa tarefa é colocar em prática o primeiro tópico, ir para a cama mais cedo vai te dar mais disposição e energia para começar o dia.

Reduza cafeína, açúcar e alimentos processados

A cafeína e baixos níveis de açúcar no sangue podem causar palpitações cardíacas. Além disso, esses alimentos podem ser ruins para a sua saúde e atrapalhar no controle da ansiedade.

Por isso, faça o teste de reduzir a cafeína e açúcar por alguns dias, geralmente os efeitos são bastante positivos em pessoas ansiosas.

Faça atividades físicas

Assim como para qualquer outro tratamento, movimentar o corpo e ter uma atividade física como hobby pode ajudar muito para um dia a dia mais produtivo e menos ansioso.

Além de liberar os famosos hormônios da felicidade, praticar exercícios físicos vai te ajudar a gastar as energias extras e facilitar a qualidade do sono.

Não se cobre tanto

Um dos trabalhos mais difíceis de um terapeuta é convencer uma pessoa ansiosa de que os sentimentos de culpa e vergonha não precisam te dominar. Além disso, você pode atrair ainda mais pensamentos negativos, então busque focar nas coisas boas da vida.

Procure ajuda

Procurar ajuda de um especialista como um psicólogo ou psiquiatra não é e nem deve ser tratado como uma fraqueza. Apesar de ainda existirem tabus sobre o cuidado com a saúde mental e emocional, focar nessa melhora só vai trazer resultados positivos.

(Video) QUAIS OS SINTOMAS DA ANSIEDADE DEPRESSIVA?

Cuidar e se preocupar com o próprio bem-estar emocional é necessário e você não precisa encarar isso sozinho, procure ajuda!

Pratique meditação

Muitas pessoas vêm adotando a prática da meditação ou mindfulness como um hábito saudável. Além disso, essa é uma ferramenta poderosa na missão de combater o estresse e a ansiedade.

Invista em autoconhecimento

Investir em autoconhecimento pode abrir portas, te ajudando a identificar causas e gatilhos para a ansiedade. Dessa forma, você pode ganhar mais autonomia diante dos sintomas e ter um dia a dia mais tranquilo.

Acompanhamento profissional

A terapia, seja ela com um psicólogo online ou presencial, é a sua melhor aliada na hora de diminuir a ansiedade e, enfim, tratá-la. Além disso, é o método ideal para fazer as mudanças de vida que você precisa.

Sobre esse assunto, a psicóloga Marjorie Carvalho comenta:

Nossa mente está acostumada a sempre controlar tudo e se sente desconfortável ao menor sinal de freio.

Quais são os tratamentos mais comuns para ansiedade

Existem algumas abordagens para o tratamento da ansiedade, como psicoterapia, e a combinação do tratamento psicológico com medicamentos específicos, como os ansiolíticos.

Desse modo, para detalhar melhor as oportunidades de tratamento, vamos esclarecer alguns pontos sobre terapia e medicamentos.

Psicoterapia

  • Psicanálise freudiana: baseada nos pensamentos de Freud, esse tipo de terapia é baseada no autoconhecimento. Além disso, foca no inconsciente para trazer os problemas para o consciente. É bastante utilizada em casos de ansiedade, pois ela busca na raiz dos pensamentos qual é o gatilho desse transtorno.
  • Psicanálise lacaniana: tem como foco a linguagem. Ou seja, parte dela para chegar à essência do que somos, ao nosso ser.
  • Psicanálise junguiana: Busca o autoconhecimento e procura reconhecer o que temos como essência. Ou seja, o tratamento é feito por símbolos, utilizando os sonhos e imagens oníricas.
  • Gestalt: trabalha a pessoa e as suas relações no ambiente em que ela está vive, levando ela a se tornar o observador da sua própria existência para enfim conseguir enxergar o todo. É também considerada uma terapia holística, ou seja, ela procura ver o todo.
  • Terapia cognitivo-comportamental (TCC): trabalha com foco na em problemas específicos, como por exemplo traumas e fobias.

Além disso, se quiser saber mais sobre esses tipos de terapia confira nosso post completo sobre isso.

Medicamentos

  • Ansiolíticos: ajudam a amenizar os sintomas, mas não trabalham a causa do problema. Os ansiolíticos agem de muitas formas e isso está ligado com a atuação no sistema de neurotransmissão. Além disso, muitos desses remédios aliviam sintomas físicos em fases mais graves da doença e os níveis de hiperatividade cerebral.
  • Antidepressivos: não causam tanta dependência no paciente e possuem uma forma de tratar mais amena, sem grandes riscos. Por isso, os mais indicados são os antidepressivos que atuam na serotonina.
  • Antipsicóticos: podem ser muito bons no tratamento em momentos mais críticos, e assim como os ansiolíticos, não tratam a causa do problema, apenas aliviam sintomas emocionais e físicos.

Além disso, não se preocupe caso esses nomes pareçam difíceis à primeira vista. A melhor indicação será mesmo de um especialista no assunto. Por isso, você deve conversar com um psicólogo online e descobrir qual o melhor caminho a seguir.

Transtorno de ansiedade tem cura?

Assim como outros transtornos e problemas relacionados à saúde mental, o transtorno de ansiedade ainda vem sendo amplamente estudado em busca de melhores tratamentos. No entanto, o transtorno de ansiedade ainda não tem cura.

Mas, existem tratamentos que cuidam dos mais diversos sintomas relacionados ao transtorno de ansiedade, podendo eliminá-los e garantindo um dia a dia comum e saudável para quem sofre com isso.

Com o tratamento correto, o acompanhamento de profissionais especializados e com um estilo de vida saudável é possível ter um dia a dia com muito mais qualidade de vida e menos ansiedade.

Conclusão

O transtorno de ansiedade é um transtorno psicológico que pode afetar gravemente o bem-estar e saúde de quem sofre com ela e das pessoas ao redor. A psicoterapia e o acompanhamento com um médico psiquiatra são partes fundamentais do tratamento.

Buscar ajuda profissional é importante não apenas se você sofre com o transtorno de ansiedade e as crises, mas também se você precisa aprender a melhor forma de lidar com alguém do seu convívio e que passa por isso. Busque ajuda! Estamos aqui por você.

Referências

(Video) PERCEBA ANTECIPADAMENTE OS SINAIS DA ANSIEDADE

American Psychiatry Association. (2014). Diagnostic and Statistical Manual of Mental disorders – DSM-5. 5th.ed. Washington: American Psychiatric Association

Dugas, M.J., Robichaud, M. (2009). Tratamento Cognitivo-Comportamental para o Transtorno de Ansiedade Generalizada: da ciência a prática. Rio de Janeiro. Editora Cognitiva.

FAQs

Como saber qual meu grau de ansiedade? ›

O questionário DASS-21 (Depression, Anxiety and Stress Scale) é um teste de depressão, ansiedade e stress que mede os níveis desses transtornos a partir de comportamentos e sensações experimentados nos últimos sete dias. Ele tem 21 perguntas e leva cerca de 3 minutos para ser respondido.

Como saber se minha crise de ansiedade teste? ›

Teste Ansiedade

Na última semana você se incomodou com Dormência ou Formigamento sem motivo? Na última semana você se incomodou com Sensação de Calor? Na última semana você se incomodou com Inquietação nas Pernas? Na última semana você se incomodou com Dificuldade em Relaxar?

Qual exame comprova ansiedade? ›

Alguns dos exames que podem ser solicitados por seu médico ou psiquiatra durante esse processo são o exame de sangue e o eletroencefalograma, por exemplo.

O que é pior depressão ou ansiedade? ›

Diferente da ansiedade, a depressão não é normal mesmo em dosagem baixa. Ela não é saudável em nenhum aspecto e só tem impactos negativos na vida do paciente. Tanto o transtorno de ansiedade quanto a depressão paralisam o indivíduo.

Como controlar a ansiedade sozinho? ›

Dicas para controlar a ansiedade
  1. Procure organizar sua rotina diariamente. ...
  2. Invista no autoconhecimento. ...
  3. Procure entender seus pensamentos e sentimentos. ...
  4. Aprenda e controle a sua própria respiração. ...
  5. Desconfie de seus pensamentos negativos. ...
  6. Não se exija tanto assim. ...
  7. Tome uma bebida relaxante e cuidado com as estimulantes.
20 Feb 2021

Quais são as 5 fases da depressão? ›

6 Tipos de Depressão
  • Depressão maior. A depressão maior é o tipo mais grave de depressão. ...
  • Distimia. Entre os tipos de depressão, a distimia é menos grave que a depressão maior. ...
  • Depressão ansiosa. Este é outro tipo de depressão que está presente em um número significativo de pessoas. ...
  • Depressão Psicótica. ...
  • Depressão pós-parto.
13 Dec 2019

Quais são os sinais de que a saúde mental não está bem? ›

Sinais de que a saúde mental não está bem. Os sinais que indicam um possível problema de saúde mental podem vir tanto de sintomas físicos, como cansaço extremo e dores de cabeça frequentes aos mais sutis e de ordem psíquica, como pensamentos acelerados e repetitivos, angústia e/ou apatia em relação à vida.

O que pode acontecer se não tratar a ansiedade? ›

“Os transtornos ansiosos são condições crônicas. Se não forem tratados, a tendência é que se agravem com o passar do tempo. Os sintomas que, no início do quadro, quase não incomodam ou mal são notados pelo paciente e pelos familiares, passam a incapacitar o indivíduo”, afirma o psiquiatra Gustavo Faria.

O que acontece com o corpo quando estamos ansiosos? ›

A ansiedade pode provocar vários sintomas físicos como arritmia / taquicardia (alteração no ritmo cardíaco ou do coração), vertigens ou tonturas, boca seca, dificuldade respiratória (falta de ar), entre outros.

Qual é o hormônio responsável pela ansiedade? ›

Hormônios do Estresse (Adrenalina, Cortisol)

Os hormônios do estresse são liberados em situações ameaçadoras. Quando você passa por uma situação estressante, seu corpo responde liberando hormônios como adrenalina e cortisol para te ajudar a lidar com a ameaça e te preparar para a ação.

Como é a fraqueza da ansiedade? ›

Sensação de fraqueza ou cansaço

A ansiedade não causa a fraqueza muscular em si, mas, sim, promove constante sensação de cansaço ou enfraquecimento dos membros. Esta é intensificada durante uma crise ou ataque de ansiedade.

Como é a dor de ansiedade? ›

É comum sofrer com dores nas costas, ombros e nuca. Os músculos do pescoço ficam travados e a dor é tanta que mal dá para virar de lado. Essa tensão muscular, quase constante, geralmente acompanha os transtornos de ansiedade.

Quem tem ansiedade sente tontura? ›

A tontura também pode estar relacionada à ansiedade, problema que se agravou durante a pandemia do novo coronavírus. “Os problemas podem ser o mais diversos possíveis. Pode, por exemplo, ser um problema hormonal, metabólico, soltura dos cristais dentro do ouvido ou ansiedade, estresse, depressão”, esclarece Jeanne.

O que leva uma pessoa a ter ansiedade? ›

Existem diversas causas que, sozinhas ou combinadas, podem vir a desencadear o transtorno de ansiedade, tais como: traumas, estresse, genética, doenças físicas e até mesmo a depressão. É comum o paciente alternar entre quadros de ansiedade e quadros de depressão, pois uma condição pode gerar a outra.

Qual o melhor remédio para depressão e ansiedade? ›

Os mais utilizados são os ISRSs e os SNRIs, como alprazolam, diazepam, buspirona e o lorazepam. Esses remédios agem para bloquear a recaptação ou a reabsorção da serotonina e da norepinefrina, aumentando a atividade dessas substâncias no cérebro.

Quais são os 5 tipos de transtornos de ansiedade? ›

Tipos de ansiedade: conheça 6 tipos
  1. Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) Esse é o tipo mais comum e frequente de ansiedade. ...
  2. Fobia social. ...
  3. Síndrome do Pânico. ...
  4. Agorafobia. ...
  5. Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) ...
  6. Estresse pós-traumático.
29 Jan 2022

O que a Bíblia fala sobre a ansiedade? ›

Evangelho de Mateus, 6: 25-33-34 diz: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?

O que beber para relaxar? ›

As bebidas que são calmantes naturais e que ajudam a reduzir o estresse
  • Leite quente possui cálcio, que ajuda a baixar a pressão sanguínea. ...
  • Chá de hortelã relaxa os músculos. ...
  • Suco de maracujá atua como tranquilizante. ...
  • Chá de camomila alivia dores em geral. ...
  • Masala chai descafeinado reduz os níveis de cortisol.

Qual o chá que é bom para ansiedade? ›

ANSIEDADE: Veja 5 CHÁS para reduzir os sintomas de ansiedade
  1. Camomila. Além da ansiedade, o chá de camomila também pode ajudar no tratamento do estresse e da hiperatividade, porque contém apigenina, uma substância que acalma o sistema nervoso central. ...
  2. Capim limão. ...
  3. Cidreira brasileira. ...
  4. Lavanda. ...
  5. Folhas de maracujá
5 Oct 2022

O que vem antes da depressão? ›

Entre eles, um deve ser obrigatoriamente o humor deprimido (tristeza, desânimo e pensamentos negativos) ou a perda de interesse por coisas que antes eram prazerosas ao paciente. Os outros sintomas podem incluir alterações no sono, no apetite ou no peso, cansaço e falta de concentração, por exemplo.

O que é depressão silenciosa? ›

Dizemos que a depressão é uma doença silenciosa porque não tem uma fórmula definida para diagnóstico e tratamento. Cada pessoa reage e a manifesta de um jeito. Sendo assim, as causas também variam de acordo com as experiências e histórico de saúde de cada paciente.

O que faz mal para depressão? ›

É importante evitar alimentos que aumentam as oscilações de humor, como bebidas alcoólicas, fast food, refrigerantes e alimentos ricos em gorduras e açúcares, como frituras, doces e sobremesas, isso porque esses alimentos provocam alterações bruscas no nível de açúcar no sangue, levando a mudanças na produção de ...

Por que a ansiedade ataca a noite? ›

"A luz está diminuindo, a produção de melatonina no corpo está aumentando e nosso corpo está nos dizendo para descansar", diz ela. “Mas, para alguém que tem ansiedade, é difícil deixar esse local de hiper-excitação. Então o corpo dele está lutando contra esse ritmo circadiano. ”

Como é o formigamento da ansiedade? ›

Quando a ansiedade reduz, diminui também os sintomas como tensão muscular, falta de ar, mãos suadas, tonteira, sudorese, podendo aparecer formigamento. Mas a adrenalina liberada na corrente sanguínea durante a crise ainda circula no organismo por um tempo, mesmo depois da crise.

Quem tem ansiedade pode ter infarto? ›

Sim! Ansiedade, estresse e sustos podem provocar infarto MAS apenas em pessoas predispostas. Ou seja, é necessário que a pessoa tenha alteração coronária, seja por ateromatose (depósitos de colesterol) ou por espasmos (angina de prizmethal), para que o stress desencadeie o infarto.

O que é um desgaste emocional? ›

Uma das explicações para isso é a Síndrome do Esgotamento Emocional. Ela se manifesta quando uma pessoa é submetida a uma carga de estresse muito intensa e constante, fazendo com que esteja sempre no limite das suas emoções. O organismo e a mente humana conseguem suportar uma determinada carga de estresse diário.

Como saber se estou fora da realidade? ›

Quais os sintomas de despersonalização?
  • sentir-se separado do próprio corpo;
  • sentir-se como um mero observador do corpo. ...
  • sentir-se como se seu corpo não lhe pertencesse;
  • não se reconhecer ao olhar no espelho;
  • sentir-se sem controle sobre o que faz ou que diz;
  • sentir-se entorpecido física e emocionalmente.

Qual a melhor forma de curar a mente? ›

Meditação

É uma ferramenta excelente que produzir bem-estar e cura. Durante o processo a pessoa deve esvaziar a mente, evitar estímulos e pensamentos, um processo bem complicado e que requer bastante treino. Com isso, a calmaria vem, a mente relaxa e seu cérebro passa a funcionar através de uma melhor forma.

O que pessoas com ansiedade gostam? ›

O ansioso pode não ter disposição para fazer algum tipo de atividade mais divertida ou prazerosa, porém, vale a pena oferecer alternativas como fazer uma caminhada ou dar uma volta, para respirar novos ares. Mas, não seja insistente, a pessoa deve se sentir livre para aceitar ou não.

Como as pessoas com ansiedade ver o mundo? ›

Segundo um novo estudo da revista Current Biology, quem sofre de ansiedade percebe o mundo de um jeito diferente – e isso se explica por variações no cérebro. Tudo tem a ver com a plasticidade do cérebro, ou a capacidade do órgão de se reorganizar e formar novas conexões.

Quando a ansiedade tem que ser tratada? ›

Comportamentos relacionados a ansiedade patológica que merecem atenção. Preocupação excessiva com a família, emprego, doenças, mesmo sem causas aparentes. Não conseguir executar atividades que exigem concentração. Pensamentos obsessivos que tendem a decorrer sempre para o lado negativo.

Qual órgão a ansiedade afeta? ›

Estômago: o órgão que mais sente o stress.

O que a ansiedade pode causar no rosto? ›

Ansiedade

Uma crise de estresse e ansiedade pode provocar alterações na sensibilidade e sensação de formigamento em diversos locais do corpo. Também é comum que surja localizada no rosto, língua ou na cabeça.

Quem tem ansiedade pode ter AVC? ›

Estudo mostra que ansiosos têm 33% mais chance de ter um acidente vascular cerebral. Pela primeira vez, um estudo científico provou que a ansiedade crônica é suficiente para aumentar o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Quais os alimentos que ajudam a diminuir a ansiedade? ›

10 alimentos que diminuem a ansiedade
  • Chá verde. Essa bebida diurética e muito popular entre os amantes de chá, também pode ser uma aliada quando os efeitos físicos da ansiedade aparecem. ...
  • Chocolate. ...
  • Maracujá ...
  • Iogurte e outros laticínios. ...
  • Semente de abóbora. ...
  • Ovos. ...
  • Castanha e outras oleaginosas. ...
  • Banana.
15 Feb 2022

Como viver com ansiedade e ser feliz? ›

A maioria das pessoas não sabe o que fazer em uma crise de ansiedade.
...
Abaixo revelamos 5 estratégias que vão te ajudar a viver em paz com a ansiedade.
  1. 1 – Atenção no momento presente. ...
  2. 2 – A respiração é uma grande aliada. ...
  3. 3 – Psicoterapia. ...
  4. 4 – Cuide do seu corpo. ...
  5. 5 – Meditação.
24 Apr 2019

Quais os alimentos que ajudam a melhorar a ansiedade? ›

  • Chocolate meio amargo. O alívio mental quase instantâneo causado pela ingestão de um pedaço de chocolate tem uma razão por trás: a presença de triptofano, aminoácido que diminui a secreção de cortisol, o hormônio do estresse. ...
  • Peixes. ...
  • Abacate. ...
  • Folhas escuras. ...
  • Frutas cítricas. ...
  • Cúrcuma. ...
  • Grãos integrais. ...
  • Iogurte natural.
11 May 2021

Qual o pior nível de ansiedade? ›

De 11 a 26 – Nível de ansiedade médio. Há dias melhores e piores, mas para você os piores podem estar se tornando rotina. Preste atenção às reações do seu organismo, pois seu nível de ansiedade começa a preocupar. De 26 a 32 – Nível de ansiedade alto.

Qual o tipo de ansiedade mais grave? ›

Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG)

Os prejuízos do TAG são muito grandes, pois a pessoa sente-se paralisada, sem conseguir realizar suas atividades além de enfrentar problemas para dormir (insônia), dores de cabeça, indisposição, angústia e tensão constante.

Quais são as fases da ansiedade? ›

“Existem algumas graduações para a ansiedade utilizadas na prática clínica: leve, moderada e grave”, afirma a psiquiatra Claudia Chaves Dallelucci.

O que a Bíblia fala sobre a ansiedade? ›

Quando estamos estressados ​​ou ansiosos com alguma coisa, muitas vezes repetimos uma história negativa para nós mesmos, mas ler e memorizar as escrituras substitui essa conversa interna negativa por quem Deus afirma que somos.

Por que a ansiedade vem do nada? ›

Olá, existe diversos fatores que podem desencadear a ansiedade como: lembranças do passado que não foram elaboradas, pensamentos negativos, medo de passar por uma situação nova, medo de falar ,medo de mudança, medo de ser julgada, existem vários medos porém às sensações no corpo são como sinais de alerta para falar que ...

Qual o nome do médico que cuida de ansiedade? ›

Geralmente, o médico psiquiatra é o profissional mais indicado para fazer o diagnóstico do transtorno de ansiedade. “Estamos falando de uma patologia que exige o uso de medicamentos ou psicoterapia”, explica o dr. Vieira Filho.

Por que a ansiedade ataca a noite? ›

"A luz está diminuindo, a produção de melatonina no corpo está aumentando e nosso corpo está nos dizendo para descansar", diz ela. “Mas, para alguém que tem ansiedade, é difícil deixar esse local de hiper-excitação. Então o corpo dele está lutando contra esse ritmo circadiano. ”

Como é a fraqueza da ansiedade? ›

Sensação de fraqueza ou cansaço

A ansiedade não causa a fraqueza muscular em si, mas, sim, promove constante sensação de cansaço ou enfraquecimento dos membros. Esta é intensificada durante uma crise ou ataque de ansiedade.

Qual o chá que é bom para ansiedade? ›

ANSIEDADE: Veja 5 CHÁS para reduzir os sintomas de ansiedade
  1. Camomila. Além da ansiedade, o chá de camomila também pode ajudar no tratamento do estresse e da hiperatividade, porque contém apigenina, uma substância que acalma o sistema nervoso central. ...
  2. Capim limão. ...
  3. Cidreira brasileira. ...
  4. Lavanda. ...
  5. Folhas de maracujá
5 Oct 2022

Como é a cabeça de uma pessoa com ansiedade? ›

Quem sofre com transtornos de ansiedade geralmente se vê tomado por pensamentos negativos que invadem a mente sem aviso. "Pessoas com transtornos de ansiedade são pessimistas. Elas acreditam que algo ruim está prestes a acontecer, mesmo que não haja nenhuma evidência que aponte para isso.

O que acontece no cérebro de uma pessoa com ansiedade? ›

Cérebro. Reação exagerada da amígdala cerebral, que provoca o desequilíbrio de serotonina e libera um alto nível de adrenalina no organismo – responsável por desencadear os demais sintomas físicos.

Como saber se uma pessoa precisa de um psiquiatra? ›

Saiba quando procurar um Psiquiatra
  1. Falta de apetite ou compulsão alimentar;
  2. Apatia constante;
  3. Tristeza profunda;
  4. Irritação excessiva;
  5. Tremores, suor e vertigens pertinentes;
  6. Inquietação e dificuldade de concentração;
  7. Insônia frequente.
  8. Dificuldade de realizar tarefas do dia a dia.
6 Apr 2022

Quem tem ansiedade pode ter infarto? ›

Sim! Ansiedade, estresse e sustos podem provocar infarto MAS apenas em pessoas predispostas. Ou seja, é necessário que a pessoa tenha alteração coronária, seja por ateromatose (depósitos de colesterol) ou por espasmos (angina de prizmethal), para que o stress desencadeie o infarto.

Qual é a raiz da ansiedade? ›

A ansiedade é uma reação normal a uma ameaça ou a um estresse psicológico. A ansiedade normal tem sua raiz no medo e desempenha um importante papel na sobrevivência. Quando uma pessoa se vê perante uma situação perigosa, a ansiedade desencadeia uma resposta de luta ou fuga.

O que define uma pessoa ansiosa? ›

A ansiedade é um estado normal do corpo saudável, uma pessoa ansiosa está sempre alerta, observa e avalia os prós e contra do momento, planeja futuro e tem pensamento ativo de luta e fuga.

Videos

1. Live: POR QUE ANSIEDADE DÁ FORMIGAMENTO NO CORPO?
(Chega de Medo e Ansiedade)
2. Ansiedade Patológica - A Evolução da Ansiedade Não Tratada e Suas Consequências
(BRAPSI)
3. SENSAÇÃO DE FRACASSO SINTOMAS DA ANSIEDADE
(Paulo Antônio Almeida)
4. A Ansiedade durante a Infância: Fatores Intensificadores e Apoio Psicológico l Brunna Munhões
(BRAPSI)
5. Aperto no peito: ansiedade ou infarto?
(Chega de Medo e Ansiedade)
6. A causa da Ansiedade
(IBND Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento)

Top Articles

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Rev. Leonie Wyman

Last Updated: 12/22/2022

Views: 5952

Rating: 4.9 / 5 (59 voted)

Reviews: 82% of readers found this page helpful

Author information

Name: Rev. Leonie Wyman

Birthday: 1993-07-01

Address: Suite 763 6272 Lang Bypass, New Xochitlport, VT 72704-3308

Phone: +22014484519944

Job: Banking Officer

Hobby: Sailing, Gaming, Basketball, Calligraphy, Mycology, Astronomy, Juggling

Introduction: My name is Rev. Leonie Wyman, I am a colorful, tasty, splendid, fair, witty, gorgeous, splendid person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.