O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (2023)

16/05/2022 Há muito o que fazer em Salvador! A capital baiana é uma mistura perfeita de cultura, história, música, religiosidade, vida noturna, belas praias, calor, paisagens incríveis e muita animação durante todo o ano. Venha com a Accor descobrir todas as possibilidades para conhecer na cidade, que é um dos principais destinos turísticos do Brasil!

Salvador: encante-se pela cultura da Bahia!

Capital do Brasil nos séculos XVI, XVII e XVIII, Salvador ainda guarda a marca das raízes portuguesas presentes na cultura, na arquitetura, na gastronomia, na arte e na religião.

Tudo isso se mistura com algumas tradições africanas, trazidas pelas pessoas escravizadas na época e que, hoje, se refletem principalmente na música, nas danças e também na religião.

Um lugar que une praias, atrativos históricos e boa comida, além de ter uma atmosfera alegre que conquista os viajantes. Dependendo da época, é possível vivenciar de perto algumas das festas mais famosas, como o Carnaval, a Lavagem do Bonfim e a Festa de Iemanjá.

Veja algumas dicas de passeios imperdíveis para fazer em Salvador, na Bahia!

O que fazer em Salvador: atrações, igrejas, praias e muito mais

A diversidade de pontos turísticos e opções de lazer é um dos pontos altos de Salvador. Há opções para diferentes perfis de viajantes. Confira as principais atrações!

O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (1)

Elevador Lacerda

Criado no século XIX como uma opção de transporte para ligar a Praça Tomé de Sousa, na Cidade Alta, à Praça Cayru, no bairro do Comércio, que fica na parte baixa, o Elevador Lacerda acabou se transformando em um ponto turístico, principalmente pela vista panorâmica. Hoje, é um dos cartões-postais da cidade.

Basílica do Senhor do Bonfim

É uma das igrejas mais tradicionais da cidade e homenageia o protetor dos baianos, Nosso Senhor do Bonfim.

Além da igreja, que é uma construção do século XVIII, se destaca pela grade externa repleta das famosas “fitinhas do Bonfim”, que fiéis e turistas amarram ao fazerem um pedido, deixando o local todo colorido.

Salvador tem mais de 350 igrejas e muitas delas são presença certa em qualquer roteiro turístico. Muito mais que lugares religiosos, são símbolos importantes da história do país.

Entre as mais conhecidas estão a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco e a Igreja e Convento de São Francisco.

Praia do Farol da Barra

As praias de Salvador são um dos maiores cartões-postais da capital.

Além do mar azul, que na maré baixa forma piscinas naturais, é a praia onde está o Farol da Barra, formando um dos cenários mais clássicos da capital baiana.

É uma praia bem movimentada, com boa oferta de serviços para banhistas, como aluguel de cadeiras e guarda-sol.

No Farol da Barra, que foi um dos primeiros faróis da América e importante no passado durante o período das navegações, hoje funciona o Museu Náutico da Bahia. Ele é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e da torre se tem uma vista panorâmica do mar e parte da cidade.

O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (2)

Ponta de Humaitá

Outro lugar com vista privilegiada da cidade é o Forte de Monte Serrat, localizado na Ponta de Humaitá. Uma região charmosa e pouco visitada por turistas.

Fica na península de Itapagipe, na Cidade Baixa. Além do Forte, tem outras construções históricas como uma igrejinha e um mosteiro.

O local tem mar calmo e é especialmente bonito durante o pôr do sol.

O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (3)

Pelourinho

Uma das regiões mais tradicionais de Salvador, com suas ruas de paralelepípedo e suas muitas construções antigas e preservadas.

No bairro Pelourinho, estão algumas das principais igrejas da cidade, como a Basílica de Salvador e a Igreja e Convento de São Francisco.

No século XVI, o Pelourinho era um local onde pessoas escravizadas eram punidas. Hoje, embora ainda guarde pontos que lembram esse período, tem muita música e dança, além do colorido das construções que também chamam a atenção.

O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (4)

Mercado Modelo

O Mercado Modelo fica na parte baixa de Salvador e faz parte da paisagem que se vê do alto do Elevador Lacerda.

É um ótimo lugar para comprar lembrancinhas, artesanato, peças de decoração e outros itens típicos da Bahia. Funciona no antigo prédio da Alfândega de Salvador e tem mais de 200 lojas.

Praia de Itapuã

Famosa na voz de Vinícius de Moraes, a Praia de Itapuã é uma das mais conhecidas e frequentadas de Salvador. Fica distante do centro, já na divisa com a cidade de Lauro de Freitas.

Além da praia, a região tem uma unidade do Projeto Tamar, que cuida de tartarugas marinhas.

O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (5)

Rio Vermelho

O bairro Rio Vermelho reúne alguns dos melhores bares e restaurantes de Salvador, muitos com música ao vivo. Perfeito para quem gosta de aproveitar a vida noturna.

É, também, o bairro onde o escritor baiano Jorge Amado morou com a esposa, Zélia Gattai. A Casa do Rio Vermelho, onde moravam, virou ponto de visitação, com acervo e exposições sobre a vida e a obra do casal.

Há também uma estátua dos dois sentados em um banco olhando o mar. Na praia do Rio Vermelho, o ponto mais visitado é a Casa de Iemanjá. É lá que acontecem as principais comemorações e celebrações da Festa de Iemanjá, no dia 2 de fevereiro.

Experimente se hospedar no Novotel Salvador Rio Vermelho e no Mercure Salvador Rio Vermelho, duas boas opções de hotéis na região.

Carnaval de Salvador: festa o ano inteiro

Mesmo com tantos pontos turísticos para serem visitados durante todo o ano, é no Carnaval que Salvador atrai mais turistas do Brasil inteiro e de todos os cantos do mundo.

A festa, com muitos trios elétricos de cantores famosos circulando por algumas regiões da cidade, reúne milhões de pessoas todos os anos ao som de muito axé, blocos afro, tambores, afoxé e uma grande mistura de ritmos. É daqueles eventos que precisam ser presenciados pelo menos uma vez na vida!

Além do Carnaval, o clima de festa predomina em diversas outras ocasiões, com muitas celebrações marcantes.

O Réveillon de Salvador é um dos mais famosos e mais procurados do Nordeste, com shows e queimas de fogos.

A Festa de Iemanjá, em fevereiro, e a Lavagem do Bonfim, em janeiro, também são muito tradicionais e representam o sincretismo religioso da Bahia, atraindo um grande público.

Hotéis em Salvador: onde ficar na Bahia

Salvador é um dos principais destinos turísticos do Brasil e conta com uma excelente infraestrutura para receber os viajantes, seja em relação a hospedagem, alimentação, compras ou passeios.

A Accor tem os melhores hotéis em Salvador, com ótimo custo-benefício e localizados em diferentes regiões da cidade, incluindo algumas opções à beira-mar para quem gosta de estar pertinho da praia.

Restaurantes na capital baiana

  • Vini Figueira Gastronomia: Travessa Bartholomeu de Gusmão, 140 - Rio Vermelho.

  • Sanctuarium Atelier Gourmet: Rua Itabuna 286 - Rio Vermelho.

  • Jabu: Rua Eurycles de Mattos, 191 - Rio Vermelho.

  • Camarão Vilas Restaurante: Avenida Praia de Itapuã, 805 - Villas do Atlântico.

  • Restaurante Origem: Alameda Das Algarobas, 74 - Caminho das Árvores.

  • Cuco Bistrô: Largo do Cruzeiro de São Francisco, 6 - Centro Histórico.

  • Coco Bambu Bahia: Avenida Professor Magalhães Neto, 1273 - Pituba.

  • The Bunker Beer Culture: Rua Alexandre Herculano, 45 2° andar - Pituba.

  • Camarada Camarão: Avenida Tancredo Neves, 3133 - Caminho das Árvores.

  • Isola dei Sapori Cucina Italiana: Rua Guedes Cabral, 123 - Rio Vermelho.

  • Boteco Português: Rua Borges dos Reis, 16 - Rio Vermelho.

  • Restaurante do Senac: Largo do Pelourinho, 13.

O que não deixar de fazer em Salvador?

  • Conhecer o Farol da Barra

  • Mergulhar na Praia do Forte

  • Subir e descer as ladeiras do Pelourinho

  • Assistir ao pôr do sol na Cidade Baixa

  • Comer um acarajé vendido pelas baianas com trajes típicos

  • Comprar lembrancinhas da cidade no Mercado Modelo

  • Fazer um pedido e amarrar uma fitinha na grade da Igreja do Bonfim

  • Andar pelas ruas do tradicional bairro de Santo Antônio Além do Carmo

  • Ver as grandes esculturas dos orixás no Dique do Tororó

  • Tirar foto com as estátuas de Jorge Amado e Zélia Gattai no Rio Vermelho

  • Apreciar arquitetura histórica das igrejas e construções da cidade

  • Ir a um ensaio do Olodum

  • Passar uma tarde em Itapuã

Quantos dias ficar em Salvador?

O ideal para aproveitar todos os atrativos de Salvador são 5 dias de viagem.

Assim, você conseguirá organizar um roteiro que inclua as principais praias, os lugares históricos e os passeios culturais, além dos restaurantes e outros pontos turísticos do seu interesse.

O que fazer em Salvador: um dia na Ponta de Humaitá | Accor (6)

Melhor época para ir a Salvador

O clima em Salvador é ensolarado durante praticamente o ano todo. Mas, entre os meses de abril e julho, há mais chances de chuvas.

Por isso, o verão é o período preferido da maioria dos turistas, pois além do tempo mais estável, é também quando acontecem as principais festas.

Para quem não quer tanto agito e prefere viajar em épocas menos movimentadas, é melhor evitar a alta temporada. Meses como agosto, setembro, outubro e novembro são boas escolhas.

Aproveite o melhor de Salvador e de outros destinos com as vantagens do programa de fidelidade ALL, que oferece benefícios como descontos

Mais artigos

Quer saber mais?

Continue o passeio

Nossos hotéis em Salvador

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Kimberely Baumbach CPA

Last Updated: 03/25/2023

Views: 6093

Rating: 4 / 5 (61 voted)

Reviews: 92% of readers found this page helpful

Author information

Name: Kimberely Baumbach CPA

Birthday: 1996-01-14

Address: 8381 Boyce Course, Imeldachester, ND 74681

Phone: +3571286597580

Job: Product Banking Analyst

Hobby: Cosplaying, Inline skating, Amateur radio, Baton twirling, Mountaineering, Flying, Archery

Introduction: My name is Kimberely Baumbach CPA, I am a gorgeous, bright, charming, encouraging, zealous, lively, good person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.